segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Tardelli Homenageia Ricky [PODCAST #43]



Nesse podcast comentamos o jogo contra as frangas rosadas de Minas.
Achamos legal a homenagem do Mortadelli ao Bicharlyson e seu espelhinho.
Falamos do que realmente importa que é o jogo contra o Estudiantes.

Ouça no Player
ou baixe para ouvir quando e onde quiser
(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')
Entre em contato com a Rádio Raposa pelo email:
radioraposa@gmail.com

8 comentários:

RÁDIO RAPOSA disse...

Música de Hoje:
Andrew W.K. - Party Hard

Bruno disse...

O Cuca ta errando em uma coisa que o AB também errava:

Quando precisava fazer gols mandava o time todo pra frente
igual louco deixando a zaga vulnerável (Ex: sábado contra as
frangas e contra o Boca Jrs em 2008) , e quando precisava segurar
o resultado não conseguia (Estudiantes 2009).

Acho que o Cuca tem que começar a ver jogo de campeonato
argentino pra ver como se ganha jogos com inteligência, vamos
precisar ser mais "maldosos" e catimbeiros na Libertas, saber
tocar a bola e atacar no momento certo. Caso contrário adeus título.


Tava na cara que o Gaylo ia jogar fechadinho saindo nos
contra-ataques usando a velocidade do Mortadelli, M.Alves e Berola.
O Cuca caiu igual um patinho na armadilha ( ja manjada) do Dorival.
Por sinal o Dorival ganhou os 4 ex-classicos que disputou, 2 pelo
Cruzeiro e 2 pelo Gaylo, sempre com placares de 4 a 3 ou 4 a 2.

O Cruzeiro tem que repensar sua forma de jogar, principalmente na
Libertadores.

Bruno disse...

Outro detalhe importante seria o retorno do sistema com três volantes. Esse era o diferencial de nossa equipe e que dava mais segurança aos zagueiros e facilitava a cobertura dos laterais. Gilberto e Roger poderiam ficar no banco, seria bom tbém para essa intriguinha dos dois acabar.

Outro detalhe foi bem destacado pelo Cuca: o Alvirosa de Vespasiano entrou como se decidisse um título e o Cruzeiro como uma partida qualquer. Pois todos sabem que o jogo mesmo será na quarta.

No mais temos que apoiar a todo momento a equipe dentro de campo, mas também cobrar dessa diretoria que só pensa em lucros financeiros.

Raposão disse...

concordo com vcs a imprensa é muito filha da puta, sem ética, e não é muito difícil de perceber!!

RÁDIO RAPOSA disse...

Nova camisa?
http://www.lancenet.com.br/cruzeiro/Suposta-camisa-Cruzeiro-vaza-net_0_427157353.html

Até que não achei Tão feia assim...
O que avacalha é o BMG
mas fala se essas não são muito mais bonitas.
http://blogdocruzeirensecom.blogspot.com/2011/02/mockup-2011.html

Alexandre disse...

Não vou render muitos comentários sobre o jogo, mesmo pq ele é realmente um ex-clássico contra um ex-rival.

Tenho dois comentários sobre o jogo e a galopress. o Sr. Márcio Resende que já era um péssimo arbitro agora é um péssimo comentarista. No lance do pênalti ele simplesmente ignorou o começo da jogada onde o adversário puxa primeiro o nosso zagueiro.

Ainda sobre o GloboEsporte na tv, eles ficaram enaltecendo aquele mediano que só não tomou mais gols pq a trave salvou. Como um cara desse é herói do jogo? Mas foi isso que eles noticiaram.

Sobre o jogo em si o time jogou mau. Jogadores nervosos perdendo chances claras como o Sr. Gilberto e fazendo cagadas como os dois zagueiros. Tudo bem que o Cuca tem responsabilidade, mas um time experiente como o Cruzeiro deveria ter colocado a cabeça no lugar e tocado mais a bola logo depois do empate.

Isso me deixa um pouco preocupado pra libertadores. Por mais que o Cuca oriente, são os caras em campo que precisam ter a malandragem. E se faltou malandragem pra vencer no mineiro, imagina pra vencer jogos da libertadores.

Cuca falhou também. Faltaram homens de frente para ameaçarem mais a defesa. Todo mundo sabe que com Thiago e WP não rola. Essa dupla já tá virando chacota entre a própria torcida. Cade Farias, Dudu, André e o Walisson?

Para os Cruzeirenses que estão irritados com as provocações, minha mensagem é: Não existe rivalidade contra um time não ganha nada há tanto tempo. Um time que não tem figuração internacional válida e que nem sequer decide torneios nacionais também há muito tempo. Esse o momento do ano dos pateticanos. Fique tranquilo que isso passa.

Temos problemas maiores a enfrentar, e o primeiro deles é o Estudiantes. Meu palpite é 3 x 1 Cruzeiro.

Abraços pra rádio!

RÁDIO RAPOSA disse...

Alexandre,
realmente o goleirinho rosado é no máximo mediano. Pegou as bolas que foram em cima dele.
Não concordo que Gilberto está jogando mal. Pode não estar nos melhores dias mas a galera tá pegando demais no pé dele.
"Não existe rivalidade contra um time não ganha nada há tanto tempo." Essa é a mais pura verdade!!!
Palpite para o jogo de hoje ...
1x0 e de goleada!!

Alexandre disse...

Julio,

Meu comentário sobre o Gilberto foi também só sobre o ex-classico. Acho que ele no geral começou bem o ano. Tanto ele quanto o Roger são boas opções e esse negócio da torcida entrar nessa briguinha vai realmente acabar atrapalhando o time.

Mas quero falar um pouco mais de libertadores.

Ontem vi o jogo do Vélez e foi bom para lembrar algumas regras básicas pra se dar bem na libertadores:

- Juiz de futebol é sempre caseiro. Juiz de libertadores então é mais caseiro ainda. Ontem o Vélez bateu a vontade, jogadores com cartão fazendo faltas graves e não deu em nada. Já o Caracas não podia encostar nos argentinos que levavam cartão.

- Lembrei daquela expulsão do Kleber contra o São Paulo e aquela do Gilberto contra o Vélez mesmo. Nos dois casos o time de fora bateu e o juiz nem pensou em expulsar.

- Dentro de casa o negócio é chegar mais duro mesmo e ir pra cima pois se cair na área eles dão penalti mesmo. Fora de casa é o contrário, marcar de perto para não ter que bater e tentar provocar o adversário pra ver se eles ficam nervosos, mas não do jeito que o idiota do Kleber fazia, tem que ter malandragem.

- O Velez atacou o tempo todo mas mesmo assim o Caracas não teve um contra-ataque. A defesa estava sempre montada. As melhores chances do Caracas foram em erros da saida de bola deo Vélez, que por sinal foram muitos, mas o time do Caracas consegue ser pior ainda.

- Outra coisa que o Velez tinha era pelo menos um jogador dentro da área o tempo todo. Como no nosso ataque o Thiago sempre abre e o WP tá sempre perdido, muitas vezes jogadores chegam na linha de fundo e não tem pra quem cruzar. Fora que esse cara no meio atrai a marcação e abre os lados e a gente não tem um jogador pra fazer isso hoje.

- E pra completar, o tal de Ramirez do Vélez fez a diferença com chutes de fora. O Cruzeiro precisa treinar mais isso. Quem tem acertados chutes de fora e inclusive feito gols importantes tem sido o Henrique, que é volante cara. Gilberto, Roger e Montillo precisam tentar e acertar mais chutes de fora de area.

Não tem formula para ganhar a libertadores, mas tem sim algumas manhas. E nessas manhas os argentinos tão bem calejados.