domingo, 8 de abril de 2012

Põe na conta do Mancini


Na verdade... tô nem ae! Esse jogo não valia nada pro Maior de Minas. Para as frangas rosadas sim, era a chance da vingança depois do vexaminoso 6x1.
Mas a verdade é que esse empate poderia ser mais uma vitória. E seria muito bom calar o cacarejo 100% das cocotas com mais uma traulitada.
A conta da não vitória vai pro senhor Wágner Macini.
Alguém pode me explicar porque ele não entrou com o Roger no começo do jogo?
Até eu que não entendo nada de futebol sabia que o patético viria pra cima empurrado pelas torcidinha 5 realesa. Era a hora certa de entrar um jogador com toque de bola para enervar os jogadores cor de rosa e assim fazer o primeiro gol. O resto seria fácil. Possívelmente mais uma sonora goleada viria naturalmente.
Mas no fim, pra mim, o saldo foi positivo.
Foi muito bom ver o Cruzeiro empatar depois de estar perdendo por 2 a 0 e ainda dar um sufuco no monotítulo. Claro que a galopress não vai falar isso. Mas essa é a verdade.
O segundo tempo foi do Cruzeiro!
Não viramos por muito pouco.
Por falar em galopress, é incrível como o senhor narrador Marcos Leandro não consegue esconder a sua galinaciedade. É mais uma cocota rosada da imprensa mineira.
Vamos nessa Cruzeiro!
Na hora da onça beber água, mostraremos porque somos o time de Minas com mais títulos e o único considerado grande no Brasil e no mundo.

3 comentários:

RÁDIO RAPOSA disse...

Amigos, pedimos desculpas
pela demora em atualizar o blog. O caso é que esse ruralito não empolga ninguém. Logo voltaremos com os podcasts.

Carlão Azul disse...

Concordo demais, o saldo foi ainda positivo pelas circunstâncias do jogo. Sobre o W.Mancini eu na verdade meus amigos da Rádio Raposa, eu acho mais do que justo o elogio pelo simples fato de que o W.Mancini NÃO esperou aqueles 15/20 minutos que já viraram regra entre os técnicos, para fazer as substituições, ele já mudou no intervalo. Se tivesse ficado esperando a vaca ia pro brejo mesmo. Foi na verdade só o que elogiei no trabalho dele, a rapidez da atitude de consertar um erro que ELE mesmo cometeu.
Abçs

Alexandre Ubaldo disse...

Velho, compartilho do mesmo sentimento. Não serve pra nada e não empolga.