sábado, 7 de maio de 2011

A culpa é de quem?


Depois de qualquer tipo de derrota é sempre comum procurar os culpados
ou o culpado, quem seria então o culpado dessa eliminação?

Roger? Ele que já vinha sendo substituído nos últimos 3 jogos pois não
estava apresentando seu melhor futebol. E para completar ainda
resolveu assumir o papel de jogador mais raçudo do mundo e saiu dando
carrinho pra tudo que é lado. E já devia ter sido expulso direto na
segunda falta, mas quis já com o amarelo, ainda fazer mais uma pra ser
expulso sem deixar dúvidas. Mas será que foi ele o culpado mesmo, pois
o Cruzeiro tomou os dois gols quando já tinha 10 contra 10.

Cuca? O Cuca achou que iria garantir o 0x0 e a classificação apenas
mantendo a posse de bola e acreditando nas velocidades do Everton e
Dudu. Sendo assim, ele tirou todos os atacantes, que já eram os
reservas. Quando o bicho pegou ele só tinha como colocar o André Dias
que é mais ou menos a 5a. opção para o ataque do Cruzeiro.

Henrique? Realmente irreconhecível em campo, principalmente no
primeiro tempo não achava a bola. Ele errou praticamente todos os
passes, além de também apanhar muito em campo. Será que foi ele então,
que deu espaço demais ali no meio? Não sei, pois mesmo jogando mau,
não lembro dele ter falhado diretamente em nenhum dos gols?

A soberba? O time melhor qualificado pegou o pior e venceu a partida
de ida até com certa tranquilidade. Assim, os torcedores, boa parte da
imprensa e com certeza o time entrou em campo imaginando mais uma
goleada. A soberba fez com que todos ignorassem o adversário e também
uma possível noite ruim dos nossos jogadores e deu no que deu.

O acaso? Não foi a noite do Cruzeiro. Nenhum jogador estava bem, e
infelizmente não importa o que acontecesse o Cruzeiro não venceria
essa partida. Será que foi uma daquelas noites? Sei não em, o Cruzeiro
até deu sorte, pois o Once ainda fez questão de perder vários gols.
Falta de sorte do lado azul com certeza não foi.

E o GIl? Mais uma vez um gol em partida decisiva a partir de um
escanteio que a zaga fica só olhando. Alguém entendeu o motivo pelo
qual isso aconteceu? Porque o Gil não saiu do chão?


Então, você já escolheu o seu culpado?

Pra mim foi uma combinação de tudo. Jogo ruim de um time perdido em
campo, mexidas erradas do técnico e craques que não regularam como
costumam. Faltou também raça. Quando o futebol tá ruim, quando a noite
não tá boa, o negócio é superar na raça. Pular em todas as jogadas,
correr junto em todo lance. E o time não estava com essa pegada. Não
queria essa vaga como queria o Once Caldas.

Além disso o Júlio já tinha avisado aqui na rádio que melhor time da
primeira fase não significa nada na fase eliminatória. E que só um
adversário poderia tirar o Cruzeiro e esse seria o próprio Cruzeiro. E
não é que o time tropeçou nos seus próprios e muito erros e assim deu
adeus a competição.

E agora?

Cabeça no lugar, como todo bom cruzeirense, nada de entrar em
provocação de adversário. Nada de caçar bruxas também, pois temos
muitos jogos ai pela frente. Ao mesmo tempo, não podemos assistir a
essa eliminação calados. Cobrar do time resultados, cobrar do clube
títulos, e o Campeonato Mineiro não deve entrar nessa lista. Já passou
da hora desse time ganhar um título de verdade. Fábio, Henrique,
Paraná e Thiago Ribeiro por exemplo já estão há muito tempo por aqui e
ainda não levaram nada. Até o Fábio que vive uma fase excelente de uns
5 anos já, ainda não ganhou nada com a camisa azul. Eu ainda não
consigo colocar o Fábio na lista de ídolos mesmo ele jogando muito.
Todos os outros concorrentes dele, Gomes, Dida, e até o questionável
Paulo Cesar Borges, ganharam títulos importantes no Cruzeiro. Ídolo
tem que ganhar títulos, e títulos de verdade, campeonato estadual não
vale, como acontece com os ídolos do adversário.

Com certeza muita coisa vai acontecer. Gilberto já mostrou que não
quer ser lateral. O reserva dele Diego quer ser titular em outra
equipe. Henrique é dado como vendido para o exterior desde que foi pra
seleção. Não pode acontecer um desmanche, o time é bom. Ninguém
esquece como jogar bola de um dia pro outro. Agora é hora de absorver
as lições para não errar mais e destruir os adversários no brasileiro.

Não tinha dia pior para eu estrear essa coluna na Rádio Raposa, a voz
do Cruzeirense na internet. Mas o futebol é assim, vivemos de vitórias
e derrotas. Isso aqui não é vôlei, que o melhor time vence sempre, no
futebol é comum aparecer uma zebra. Saber perder é importante como
saber ganhar, e ganhar é coisa que o Cruzeiro sabe muito bem, pois não
seria o melhor brasileiro do século XX se não soubesse.

Pra fechar, a frase do dia que recebi via twitter:
"Perder uma Libertadores é humano, perder todas é corinthiano e não
participar é pateticano"

Abraços,
Alex

4 comentários:

RÁDIO RAPOSA disse...

Hoje é um grande dia para a Rádio Raposa.
Temos o orgulho de contar com um novo parceiro e colaborador.
O Alex, que irá participar com seus comentários certeiros e precisos.
Valeu demais Alex!
Bem vindo a Rádio Raposa!!

Bruno disse...

Muito bom o texto Alex. A equipe da RR agradece pela participação.
Eu acredito também que a eliminação foi um somatório de fatores.
Mas pra mim, o Cruzeiro até hoje não aprendeu a jogar fechado quando precisa, jogar no erro do adversário, coisa que o Muricy sabe fazer muito bem, pois ganhou vários títulos pelos times que passou desta forma. Não adianta jogar bonito sempre, o Cruzeiro tem feito isto desde 2007 e não ganhou nada com isso...Sempre chegamos perto, nas vacilamos na hora "H". O time é realmente bom e temos que apoiar, principalmente agora contra as frangas rosadas. Mas a comissão técnica precisa rever seus conceitos. Voltando ao jogo, acho que quem comprometeu foi o Pablo (que estava visivelmente fora de ritmo e nao devia ter nem entrado), Henrique e Paraná que não viram a cor da bola (inclusive o gol de cabeça foi em cima do Paraná), o Roger pela expulsão e tbém o Cuca que não soube armar e orientar o time. No mais é continuar torcendo, acredito que se mudarmos alguns conceitos podemos sonhar com grandes conquistas.

Alexandre disse...

Bruno,

Esqueci do lado direito do Cruzeiro mesmo. Tava terrível e os dois gols foram por lá.

Sobre jogar feio concordo também. O Cruzeiro precisa aprender a jogar assim pra ser mais competitivo e voltar a levantar titulos de verdade.

Sobre o mineiro, nem ligo pra taça. Quero mesmo é vencer as cocotas pra embalar o time pro Brasileiro.

Brasileiro esse que vai ter a maioria das grandes equipes só pensando nele, pois já sairam da libertadores.

ALDO disse...

A falha do Cruzeiro, tá na dupla de volantes.Não há coberturas p/ os laterais, obriga zagueiros a sair, isso abre uma lacuna na defesa.