quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Dois Tempos Distintos


Cruzeiro vs Internacional (Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010)


Em jogo de dois tempos distintos, Cruzeiro bate Inter e segue sonhando


O placar de 1 a 0 não deixa dúvidas em relação ao desempenho ofensivo de ambas as equipes. Esperavamos um pouco mais.
Foi um jogo de poucas emoções, de poucas finalizações. Mas, de todo modo, um jogo disputado, com alternâncias e de grande interesse para ambas as partes.
O Cruzeiro foi melhor durante todo o primeiro-tempo e não demorou muito para marcar.
O segredo para tanto domínio foi a forte marcação no setor de meio campo e a pressão exercida já na intermediária colorada. Somam-se a estes dois fatores, o bom toque de bola e a grande movimentação de nossos meias.
Prova disto, é que somente aos vinte e nove minutos o time gaúcho chegou com perigo.
Tamanha aplicação, porém, trouxe um problema sério para o Cruzeiro no segundo-tempo: o desgaste das peças mais importantes dos primeiros primeiros 45 minutos.
Dalí em diante as dificuldades foram bem maiores, visto que o banco de reservas celeste carecia, neste jogo, de melhores alternativas (vale lembrar que o Inter também estava desfigurado).
O adversário passava, assim, a dominar mais a posse de bola. As investidas adversárias incomodavam; e ao Cruzeiro, aparentemente sem gás, só restava mesmo tentar explorar os contra-ataques - na maioria das vezes disperdiçados.
Ficou claro, portanto, quanto importante é ter em mãos sempre boas opções em momentos importantes.
O Cruzeiro, entretanto, teve a capacidade necessária para segurar o adversário até o fim.
E foi graças, mais uma vez, ao bom desempenho do setor defensivo.

Queda de rendimento no segunto-tempo tem explicação

A parte física foi o maior de nossos problemas, não vejo outra explicação.
Mas não foram todos os jogadores que sentiram todo esse desgaste. Foram, justamente, os maiores responsáveis pelo bom ritmo e desempenho da equipe azul na primeira etapa: Roger e Everton.
A condição física de Roger não é novidade para ninguém, ele não tinha mesmo condições de manter a sua boa atuação durante todo o tempo. Já no caso de Everton, talvez, tenha pesado um pouco a falta de ritmo. Certo mesmo é que o camisa 7 correu bastante e contribuiu ao máximo.
Os desfalques acabaram, então, pesando mais do que o normal.

Destaques

Parece que cornetar jogador em má fase tem trazido sorte.
Ontem foi a vez de Jonathan calar os críticos. Como se não bastasse o primoroso cruzamento que terminou na linda finalização de Everton, o lateral-direito também criou ainda outras boas jogadas. E foi mais longe, pois ainda cabia ao camisa dois conter os avanços de seu oposto, Kléber. Saiu-se bem.
Outros jogadores, como Marquinhos Paraná, Henrique, Gil e Léo, também contribuiram bastante, dando muita segurança lá atrás.

Thiago Ribeiro pega gancho de quatro jogos

Péssima notícia. Um verdadeiro balde de água fria neste momento tão promissor.
Em nossa posição é difícil saber, mas de certo o árbitro não deixou barato as ofensas recebidas naquele lance da expulsão do camisa onze no jogo contra o Vitória, no Ipatingão.
A diretoria já anunciou que tomará medidas. Vamos esperar e torcer, porque sem ele o time perde muito poder de ação.

Saudações celestes.
Avante, Cruzeiro!
postado por Gustavo Campos

3 comentários:

RÁDIO RAPOSA disse...

O cruzeiro tem mostrado que está focado, bem preparado e com vontade de realmente brigar por esse caneco.
Acredito muito nesse time.

gustavo disse...

Tenho pensado de uns dias pra cá que só mesmo as contusões, somado a algum fato novo (como o caso do T. Ribeiro)podem tirar o Cruzeiro do rumo.
Parece que o grupo tá bem fechado, focado e escaldado.
Vamos acreditar, moçada!
Creio que vamos brigar por esse caneco até o fim. E quem sabe, o levarmos pra Toca.

Raposa Azul disse...

Conquistamos 13 pontos nos 15 disputados em cima de grande times. Isso foi bom que deu moral para nossa equipe, e mostrar que podemos ir longe, só jogar com raça e vontade de vencer, porque temos bom time e bons reservas.

Já estamos no G4, vamo agora em busca do topo. #euacredtio

blograposaazul.blogspot.com

saudações celeste