quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Robin Hood Nunca Mais

No primeiro turno do Brasileirão 2010 o Cruzeiro estava fazendo caridade.
Prova disso foi a derrota para o fraco Atlético de Goiás por 2x1 pela 7ª rodada.
Naquela ocasião chamamos o Cruzeiro de Robin Hood das Alterosas, era a primeira vitória do time goiano no campeonato.

É ... mas essa fase acabou! O Cruzeiro de agora está mais para um vingador sem piedade do que um filantropo amigo dos fracos e oprimidos.
O campeonato está se afunilando, e deve mesmo se decidir entre Cruzeiro, Fluminense e Corinthians. Dois times do eixo e um renegado.
A Raposa luta contra os adversários, a arbitragem e também a mídia. Foi assim em 2003 e será novamente esse ano.

Acredito que o time está focado, unido e muito forte para buscar esse título.
Só precisamos contar com os tropeços de Fluminense e Corinthinas.
E eles virão!
O Murucy já disse que o Flumiense será CAÇADO.
Adilson Batista reclamou da ansiedade de sua equipe.
E é nessa hora que devemos mostrar sangue frio e não deixar pontos valiosos fugirem de nossas mãos. Devemos, com calma e precisão, abater um a um nossos inimigos.

Mostrar definitivamente que deixamos de ser o Robin Hood das Alterosas para nos tormamos um RENEGADO IMPIEDOSO!











postado por Júlio Assunção

5 comentários:

RÁDIO RAPOSA disse...

Quem acha que o Chuck Norris é foda, não conhece o Charles Bronson!
Esse sim é o cara!
Lembrei desse filme dele, Renegado Impiedoso, e achei que tem tudo haver com o Cruzeiro nesse momento.
Vejam alguns trechos da sinopse do filme:
"Renegado Impiedoso é um audacioco conto de paixão, vingança e assassinato a sangue-frio".
"São 13 homens contra um..."
"...(ele) procura refúgio nas montanhas e vai abatendo, um a um, os seus perseguidores."
HEHEHEHEHE
Vamo que vamo Cruzeirão!

Bruno disse...

O Cruzeiro fez sua parte ontem. Nada mais! Marcou os gols na hora certa e tocou a bola segurando o resultado no segundo tempo. Montillo não esteve bem, mas quando esteve de frente para o gol mostrou sua categoria. Sábado com certeza teremos um jogo bem mais complicado, mais uma vez teremos grandes desfalques e o "Furacão" esta embalado.Uma lástima a vitória do Fluminense ontem nos minutos finais, mas em compensação o Curíntia se deu mal...hehehe.

gustavo disse...

O Cruzeiro não tem que jogar bem, dar espetáculo ou convencer os adversários. Temos que vencer, somar pontos. E agora, mais do que nunca, temos que jogar com a cabeça, nos poupando nas horas certas e agredindo sempre que aparecer as oportunidades.
Ontem tivemos alguns momentos de desatenção, como bem disse o Cuca, mas em contrapartida, fomos impiedosos nos momentos certos.
Contra o CAP a história seá totlmente diferente. Será um jogo brigado do primeiro ao último instante.
Aí sim vamos medir forças com quem realmente está bem.

Avante, Cruzeiro!

Alexandre disse...

Charles Bronson era realmente cruel. Acabava com todos seus inimigos sem nem escorrer uma gota de suor. rs!

Cuca mostrou que sabe lidar com momentos de pressão e vencer jogos decisivos. Ano passado o fluminense fazia um jogo decisivo atrás de outro e só a vitória interessava e ele conseguiu.

Os jogadores tem que entrar nessa sintonia. A vontade, garra, e outras habilidades emocionais vão prevalecer sobre alguns quesitos técnicos. Ontem vi Botafogo e Corinthians e senti os jogadores dos dois times com muita fome de bola. O futebol não era dos melhores mas a luta tava foda. Vi o Cruzeiro assim contra o próprio Botafogo mesmo. O time que conseguir aplicar isso em todos esses 12 restantes jogos ganha o título, mesmo que não tenha os melhores jogadores ou melhor time.

Abraços proceis!

RÁDIO RAPOSA disse...

Hahahaha!
Muito bem dito, Alexandre.
Acho que já podemos chamar o Cuca de Charles Bronson Azul.
Ele está com "Desejo de Matar".